sábado, 20 de setembro de 2008

Amanhã...


... ou hoje, daqui a pouco depois de dormir umas horas, será assim, espero!
Ao sol, tão natural como a sua sede.

Sem comentários: