sábado, 27 de dezembro de 2008

Alone



Dois filmes. Um de terror e outro sobre o terror de não se saber o que se é e que se quer ser sendo que isso já é ser alguma coisa mesmo que nunca se sendo realmente.
Revi-me no espantalho do "Pântano" e na menina solteira e pobre do "Amigos com dinheiro". Gostei das compras no Jumbo lá do sítio, na possibilidade de ganhar dinheiro a limpar as casas dos outros e, sobretudo, na possibilidade de me apaixonar por alguém que é, secretamente, milionário.
Enquanto escrevo isto reparo que este blogue é tão, tão, tão estúpido...

Sem comentários: