terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Antigos e Modernos

"Novo e Moderno nascem por relação ao que é Antigo, no momento em que esse Antigo é tematizado, isto é, reconhecido como tal. A oposição, para se tornar fértil, e deixar de ser um falso conceito, uma crosta fixada, dura, impenetrável, sobre a pele das coisas, dos seres e das nossas próprias disposições anímicas, deve conter a descoberta da pertença recíproca de cada um dos extremos. Uma descoberta dessas é uma empresa do espírito." (Maria Filomena Molder, O eterno motivo)

Sem comentários: