domingo, 10 de maio de 2009

Crimes

"Matei-o porque não pensava como eu" (Max Aub, Crimes Exemplares)

"Tentar convencê-lo para quê? Era um sectário da pior espécie, como se julgasse Deus-Pai. Tinha o cérebro entupido. Abri-o de um só golpe, para o ensinar a discutir. Quem não sabe que se cale." (Max Aub, Crimes Exemplares)

Sem comentários: