domingo, 3 de maio de 2009

Tanto...

... mas tanto, tanto, tanto, tanto, tanto trabalho, projectos, compromissos, ideias, direcções, perspectivas que no fim, no fim de tudo, parece não haver realmente nada.

Sem comentários: