quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Contemporâneo

"O contemporâneo não é todo o meu tempo. É contemporâneo o que é indicador do tempo, tudo isso pelo que será julgado: não o dever do tempo, mas sim o testemunho. A contemporaneidade é por si própria uma selecção. O autenticamente contemporâneo é aquilo que no tempo é eterno e, por conseguinte, além de ser testemunho de um certo tempo, é sempre oportuno e contemporâneo - de tudo." (Marina Tsietaieva, O Poeta e o Tempo)

Vi o livro num alfarrabista. Tinha fotocópias de um dos textos. Comprei. 12 €. Regresso à Marina.

Sem comentários: