sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Molas

"O passado não se limita a arrastar-nos para o passado. Entre as nossas recordações algumas há, poucas, é certo, que de certa maneira possuem poderosas molas de aço, e de cada vez que dentro do presente tocamos nelas distendem-se nesse instante e projectam-nos para o futuro." (Yukio Mishima, O Templo Dourado)

Sem comentários: