quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Pathos

"O pathos constitui o verdadeiro centro, o verdadeiro domínio da arte; é sobretudo por ele que a obra de arte actua sobre o espectador porque faz vibrar e ressoar uma corda que todo o homem tem na sua alma. Toda a gente conhece e reconhece tudo o que há de precioso e racional no conteúdo de um verdadeiro pathos. O pathos comove e remove porque desempenha um poderoso papel na existência humana." (Hegel, Estética - O Belo Artístico ou o Ideal)

Sem comentários: