sexta-feira, 23 de abril de 2010

Adormecer...

... no sofá Chesterfield, desconfortavelmente. Ao telefone, ouço imagens que me excitam. Algumas nozes tiram-me a fome que as entradinhas da Bica do Sapato, distribuídas num espectáculo, algumas horas antes, em Xabregas, não satisfez mas consolou entre amigos e conhecidos solteiros, casados e divorciados. Um ensaio sobre fotografia, imagem, realidade e ficção, passado e presente, acompanha-me nas torradas e no galão de máquina. O ginásio deixa-me cansado mas inspirado. Leio e releio textos, assinalo novos apontamentos gráficos que transformam o enquadramento daquilo que escrevemos. Mandas-me beijinhos. Mando-te beijinhos. É uma coisa fugaz. É? É! Não queria...

Sem comentários: