quarta-feira, 2 de junho de 2010

Soma

Uma casa colorida, cheia de arte, objectos bizarros, estampados, plantas, frascos e fraquinhos, cadeiras de vários géneros, paredes de vitrais, mesas e mesinhas e o Verão chegou. Falámos, observámos... O meu casaco amarelo destacou-se no meio de tanta cor. Saímos cedo. Em casa, converso com cibernautas desconhecidos. Desligo-me. Na sala, ao lado de M., como kiwis com muesli. Quase adormeço. Levanto-me, despeço-me, deito-me e adormeço. Acordo tarde, demasiado tarde. Visto-me a correr. "You are not yourself", diz a minha t-shirt. Procuro o Bergson e o Michaux. Não os encontro. No café, leio Aldous Huxley. Gostaria de tomar várias doses de soma para aguentar os dias que se aproximam.

Sem comentários: